Chega de Rótulos

Um post rápido porém verdadeiro, de coração

As pessoas que tem andado comigo sabem o quanto tenho dito isso. Estamos vivendo um tempo onde a Igreja tem se misturado com o mundo. Por que digo isso? Estamos nos rotulando. Eu sou um adorador, eu tenho a unção, eu tenho um chamado. Temos nos conformado com posições nomeadas por humanos e achando que isso é grande coisa. Meus amados irmão, está na hora de tirarmos todos os rótulos. Tudo que tem rótulo é produto, com código de barras, com etiqueta. A unica marca que temos que ter é um selo. O selo do Espírito Santo.

Sermos sal da terra e luz do mundo não requer rótulo, mas sim selo… ser selado, comprado, justificado. Quem é rotulado fica limitado à poucas utilidades. Está na hora de tomarmos posição, sermos aqueles que fazem a diferença, sentar com nossos amigos e viver um testemunho, pois a Verdade não se explica, se vive. Estar com os amigos na escola e quando eles começarem a falar coisas que não nos convém, levantarmos e sairmos. E quando Deus nos der a oportunidade de estarmos sozinhos com algum deles, mostrar atitudes cristãs, a Verdade vivida, crua, sem  rótulos.

Levita, adorador, profeta, líder, evangelista… apenas nomenclaturas. O importantes não está na posição exercida mas sim no coração prostrado, derramado, humilde e entregue ao Senhor. Adorar de verdade, pelo que Deus é e não pelo que Ele pode fazer.

O mundo nos oferece rótulos, tribos e várias outras coisas que trazem destruição de nossa própria identidade, mas nós devemos saber qual a nossa verdadeira posição. Outro ponto que devemos cuidar e muito é com o mundo dentro da igreja, porém, isso é assunto para outra conversa.

Viva Cristo de uma maneira intensa, viva Cristo verdadeiramente

Queira ir onde os olhos não alcançam, onde as mãos jamais tocaram… Anseie em entrar na Sala do Trono do Rei, se prostrar, se derramar, se entregar em espírito e em verdade!

Adorar em espírito e em verdade nada mais é que adorar a Deus em oração e em santidade. Atitude!

Te amamos Senhor!!

Porquanto está escrito: “Sede santos, porque eu sou santo.” (IPe 1.16) e a Tua palavra nada mais é que a minha direção.

Em Cristo,

Diagnóstico: Cristão.

Anúncios
Esse post foi publicado em Crônicas, Videos e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para Chega de Rótulos

  1. Gabby disse:

    Brilhante o post.. porém queria chamar atenção para um ponto na citação bíblica: Sede santos, porque eu sou santo. (IPe 1.16)
    Este lance de santidade sempre me deixou de cabelos em pé.
    Todos nascemos do pecado, como diz a Palavra (não sei direito onde) e todos então somos assim considerados pecadores, porque está em nossa carne, está em nossa natureza assim o sermos.
    Por mais ‘santos’ que sejamos em nossas atitudes, ainda assim somos pecadores… Em algum momento pecaremos em pensamento, em palavras, em ato.
    O próprio sentimento de ‘santidade por atitude’ que temos em nós pode ser pecado, como por exemplo: convencimento, orgulho, etc.

    Pelo menos na tradução que eu conheço dessa passagem, que é a mesma que você citou (porque esse negócio de traduções também me confunde muito), ele disse: Sede santos, PORQUE EU SOU SANTO.
    Ele não disse: Sede santos assim COMO EU SOU SANTO.
    Então isso me faz pensar que o que nos torna santos não é nossa atitude, e sim a JUSTIFICAÇÃO Dele por nós. Mais ou menos assim: Tornamo-nos santos POR CAUSA da santidade de Cristo refletida em nós, por Ele ser santo e ter tomado para Ele o nosso pecado, então assim nós nos tornamos santos.
    SANTOS = SANTIFICADOS = REMIDOS = LAVADOS em vez de
    SANTOS = NÃO PECADORES = IDONEOS EM ATITUDE.

    Como cristãos, claro, nosso papel é buscar atitudes que resplandeçam e engrandeçam a Cristo… Mas impossível querer sermos iguais a Ele, pois Ele é Deus, e nós: NADA SEM ELE!

    Beijooos, amo você Mano.

    • Ok, concordo. Mas, quando Ele mesmo nos fala em sermos santos é de tentarmos ao máximo possivel andar retos e quando errarmos, o que é certo, nos arrepender.

      Nosso grande pecado (não que seja maior, pois não existe pecado maior ou menor) está em não amar a Deus sobre todas as coisas e ao nosso próximo como a nós mesmos. Estamos amando a Deus como tantas outras coisas e ao próximo como um primo distante. Fazemos isso quando nos importamos mais com rótulos do que com a palavra. Não estou aqui criticando posições ministeriais nesse momento. Não estou dizendo sobre “líder, ministro, pregador” mas dos rótulos mundanos, assim: ali é o grupinho das patis, ali é o grupo do pessoal do rock, nem perde tempo os convidando pra jogar futebol porque eles não vão, lá tá o gruppinho do pessoal dos games, um bando de nerd. Devemos amar o nosso próximo! Quero dizer que devemos simplesmente não perder tempo rotulando esse ou aquele e sim buscando conhecê-lo.
      Enquanto eu rotulo esse ou aquele, eu peco pois estou tratando meu irmão como mercadoria. Se eu pequei ali, é mais um motivo que tenho pra pedir perdão para Deus.
      Espero ter dado um bom parecer à amiga, e saiba que na minha opinião, somos pecadores lutando contra o pecado. Pecadores já comprados e justificados pelo sangue do cordeiro, mas nossa carne sempre nos fará pecadores.
      O negócio é orar e não deixar a peteca cair como diz o cara aquele

      Abraço

      • O dicionário Bíblico de Ítalo Fernando Brevi define o termo “santo” da seguinte maneira:

        SANTO:
        É tudo aquilo que está afastado, separado do impuro ou do profano para o serviço de Deus.
        Santo é sobretudo aquilo que constitui o “numinoso”da divindade, isto é, a majestade de
        Deus inacessível às criaturas, a própria glória divina. O povo de Deus deve ser “santo”para
        assemelhar-se a Deus e entrar em comunhão com ele (Lv 20,7.26). Os cristãos são
        chamados “santos”porque pelo batismo foram consagrados a Cristo (Rm 1,7; 1Cor 1,2) para
        viver uma vida nova (Rm 6,3-14).
        Santo é também o compartimento da tenda da aliança (Ex 26,33) e do templo (1Rs 6,3.5.17)
        que dava acesso ao Santo dos Santos. No Santo estava o altar do incenso (Ex 30,1-30), a
        mesa dos pães da proposição e o candelabro de sete braços (25,23-40).
        Santos são nossos intercessores (1Cor 12,12.20s; Ap 5,8; Ex 32,11.14; 1Sm 7,8-10; Rm
        15,30; Ef 6,18s; 1Ts 5,25; Hb 13,18; Tg 5,16). Temos comunhão com eles (1Cor 12,26s).
        Estão com Cristo no céu (2Cor 5,1-8; Fl 1,23s; Ap 4,4; 6,9; 7,9.14s; 14,1-4; 19,1-6; 20,4).
        Deus opera milagres por meio deles (Ex 8,9–11,10; 1Rs 17–18; 2Rs 2,8.14.21; Mc 6,13; At
        3,6; 5,15; 14,7; 19,11s; Tg 5,17).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s