Reino de Conforto

Outro dia, outro post. Mais notícias rançosas. Sobre o ridículo jatinho do Malafaia, nosso querido ex-pastor. Além do escândalo da confissão do Davi Silva (e ai, foi válido ou é só mais um escândalo dos ministérios extravagantes?) que ainda repercute nos blogs web a fora. E há também a velha guarda: Kenneth Hagin é sempre uma fonte inesgotável de notícias obtusas, como sua última, onde se auto-intitúla um apóstolo mais querido que João. Apóstolo?

Cheio desse papo, eu não quero comentar essas notícias, nem fazer qualquer tipo de reflexão acerca delas. Quero apenas compartilhar um pensamento. Apenas um. Simples e direto: quem nunca ouviu um pregador usar um único versículo completamente fora de contexto para falar do que lhe convinha falar, ou mesmo, o que convinha a igreja ouvir? Sim, eu mesmo já ouvi pastor utilizando o versículo de Filipenses 3:14 “Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.” para falar em vitória. Vitória pessoal, da casa própria, do carro zero. Enfim, creio que dispensa comentários. Mas, hoje, vou fazer o mesmo.

Eu escutava uma bela canção, que sempre ouvi, mas dessa vez me tocou de uma forma diferente. Nesta canção a frase quero ouvir uma canção de amor que fale da minha situação. De quem deixou a segurança do seu mundo por amor . É uma canção secular que fala sobre o amor entre um casal; contudo, me veio a mente a relação Homem/Deus. Seria eu capaz de deixar a segurança do meu mundo por amor a Deus? Seria eu capaz de deixar o meu reino de conforto por amor a Deus?

Preciso ser um missionário? Não necessariamente. Já que, para muitos, a maior dificuldade é pregar para seu vizinho, é suportar a vergonha e as dores de um profeta sem honra em sua própria terra. Será que eu seria capaz de deixar a segurança do meu mundo por amor a Deus?

Ele deixou sua glória por amor a mim…

“E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna.”  (Mateus 19 : 29)

Paz.

P.S.: A música em questão é “O mundo anda tão complicado” da banda Legião Urbana.

Anúncios
Esse post foi publicado em Artigos, Canções e Poemas e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s