O dom básico de Deus

Olá amigos, irmaos, leitores casuais ou assíduos, a quanto tempo não apareço por aqui,não!

Pois é, após um período de recessão diagnostica, estou de volta para pararmos e pensarmos sobre algo tão básico que Deus nos dá e muitas vezes não damos bola ou não prestamos atenção.

Bem, vamos viajar em nossas bíblias e tentar entender a vontade de Deus, oculta através de uma parábola. Mateus 25. 14 – 30. A Parábola dos talentos:

14  Porque isto é também como um homem que, partindo para fora da terra, chamou os seus servos, e entregou-lhes os seus bens.

15  E a um deu cinco talentos, e a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade, e ausentou-se logo para longe.

16  E, tendo ele partido, o que recebera cinco talentos negociou com eles, e granjeou outros cinco talentos.

17  Da mesma sorte, o que recebera dois, granjeou também outros dois.

18  Mas o que recebera um, foi e cavou na terra e escondeu o dinheiro do seu senhor.

19  E muito tempo depois veio o senhor daqueles servos, e fez contas com eles.

20  Então aproximou-se o que recebera cinco talentos, e trouxe-lhe outros cinco talentos, dizendo: Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que granjeei com eles.

21  E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.

22  E, chegando também o que tinha recebido dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois talentos; eis que com eles granjeei outros dois talentos.

23  Disse-lhe o seu SENHOR: Bem está, bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.

24  Mas, chegando também o que recebera um talento, disse: Senhor, eu conhecia-te, que és um homem duro, que ceifas onde não semeaste e ajuntas onde não espalhaste;

25  E, atemorizado, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu.

26  Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei?

27  Devias então ter dado o meu dinheiro aos banqueiros e, quando eu viesse, receberia o meu com os juros.

28  Tirai-lhe pois o talento, e dai-o ao que tem os dez talentos.

29  Porque a qualquer que tiver será dado, e terá em abundância; mas ao que não tiver até o que tem ser-lhe-á tirado.

30  Lançai, pois, o servo inútil nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.

Pois bem, sempre que ouvimos falar dessa mensagem, nos é dada a idéia de dízimo, ofertas ou ajudas financeiras ou algo do tipo, no entanto, não percebemos o quanto Deus é bom e nos ama.

Essa mensagem, trata de um homem rico que deixa com alguns de seus servos uma certa quantia financeira para que eles à cuidem. Um talento era na época uma moeda, esse era o nome pura e simplesmente. Agora, desafio vocês a lerem novamente o texto citado acima.

Ok, leram? Pois bem, vamos trazer agora para os dias de hoje e traçar um paralelo.

Era uma vez três jovens irmãos que viviam na igreja. A um, Deus deu cinco talentos. Ele tocava guitarra, cantava, era médico, ensina em cultos caseiros e além do que chamaremos de “O dom básico”. Ao segundo Deus deu o talento de administrar negócios, e assim alcançar bons rendimentos financeiros, além do “dom básico”. E ao terceiro, o caçula, Deus deu apenas o dom básico.

O tempo passou, o médico, devido aos plantões, largou sua vida eclesiástica, mas continuou usando o dom básico. O administrador, apesar do stress do dia a dia, continuava indo na igreja, sendo uma boa pessoa, e utilizando o dom básico. O terceiro, achando que não sabia fazer nada, largou tudo,a igreja, amigos, irmãos e principalmente Deus, afinal achava que era dEle a culpa, afinal não lhe derá a mesma oportunidade que seus irmãos tiveram. E assim, enterrou seu talento e nunca entendeu que o maior dos dons ou “dom básico” se chama “AMOR”.

Gente, a base do relacionamento com Deus é o amor. Ele é um sentimento ímpar. Ao resumir a Lei, Cristo diz:

“E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.”  (Marcos 12 : 31)

“E que amá-lo de todo o coração, e de todo o entendimento, e de toda a alma, e de todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo, é mais do que todos os holocaustos e sacrifícios.”  (Marcos 12 : 33)

Ou ainda como diz Paulo aos Gálatas :

“Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.”  (Gálatas 5 : 14)

A mensagem que quero deixar a todos é: Não importa o que você consegue ou sabe fazer, faça com amor. Se tu tens talentos que aparentemente não são “glamurosos”, não importa, afinal, o maior talento é o amar.

Humberto Gessinger, cantor, compositor e músico gaúcho, em uma de suas músicas tem uma célebre frase: “A medida de amar é amar sem medida”.

Não importa o que você faça, dentro ou fora da igreja, ame. Deixe o amor resplandecer na sua vida.

Amar a Deus sobre todas as coisas é difícil, afinal é colocá-lo como primeiro lugar em tudo em sua vida, e ao próximo como a sí mesmo é terrível, pois nada mais é que olhar para o próximo e pensar: Bem, eu gostaria de ser tratado assim… não importando se ele gosta ou não de você.

"Deus nos fez diferentes para que nos tornássemos iguais através do amor."

Amar é…  bem, acho que explicar o que é amor seria muito grande para mim, deixo que Deus coloque em seu coração o real sentido dessa pequena, no entanto, poderosa palavra.

Repito para que reflitam nisso: “Deus nos fez diferentes para que nos tornássemos iguais através do amor.”

Que a Paz do Senhor Jesus e o amor abundem em nossos coração para todo e sempre

Em Nome de Jesus

Amém!

Anúncios
Esse post foi publicado em Artigos, Crônicas, Estudos e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para O dom básico de Deus

  1. gabi disse:

    Simplesmente lindo.
    Deus vos abençoe.

  2. Porque tudo se resume no amor???,quem ama a Deus sobre todas as coisas ,nao vai roubar,matar,cobiçar,adulterar,mentir,falar mal,Porisso éa importancia de Amar a Deus sobre todas as coisas.muito boa essa colocaçao meu querido gostei….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s